17 de agosto de 2011

Tomates


Nesta época, a oferta da natureza é um privilégio que devemos aproveitar. Estava com imensos tomates e sem saber o que lhes fazer ( talvez congela-los!) e lembrei-me de fazer um  preparado para bolonhesas e afins,  conforme li num blog no ano passado e achei a ideia óptima. Estava com pouco tempo,  e juntei cerca de 2 kg de tomates com 3 cebolas grandes, vários dentes de alho, um raminho de salsa, mangericão, cebolinho, oregãos e triturei tudo.  Em seguida distribui por pequenos sacos de sandes e congelei. Os próximos vou fazer em doses mais pequeninas, nos cubinhos de gelo,  pois estas doses são enormes para detreminados temperos. 

5 comentários:

Atelier Caseiro disse...

Aproveitar sempre, desperdiçar jamais!
Bom dia pra você, com gostinho de massa bolognesa! hummmmmmmmm

Fio de Algodão disse...

Olá,
Cá em casa congelam-se os tomates mais maduros para, mais tarde, fazer arroz de tomate, molho para pizza...
É boa ideia congelar o molho de tomate em cubinhos de gelo!

bjhos
Paula

Paula disse...

Muito boa ideia!
Quando tenho legumes em grande quantidade, também os corto já de forma a ser só acrescentá-los na comida que estiver a fazer.
Obrigada pela visita!

Borboleta Serrana disse...

Que boa ideia! Acabo de receber tomates da minha vizinha e não sabia o que fazer a tão grande quantidade!!Isto de viver no campo tem destas coisas, os vizinhos dão-nos o que a terra lhes dá a mais;)

Obrigada pela visita e pela partilha!

Margarida disse...

Bela ideia. É um privilégio aproveitar aquilo que a terra nos dá. E eu adoro os tomates criados com tempo, apanhados na altura certa. O sabor, o aroma, a cor, são tão diferentes para melhor. Até já me está a dar água na boca...